Síndrome da Super-fêmea e do Super-macho

Você não leu errado, essas duas anomalias realmente existem, mas não pense que seus portadores apresentam super poderes como exibidos nas personagens da “Liga da Justiça” ou no” X-men”. Na verdade, ficaram conhecidos desta forma, pois seus portadores apresentam cromossomos sexuais duplicados (no homem é o cromossomo Y e na mulher o X). Vamos às explicações:

Superman (Foto: Xurble, Flickr)

O Super-Homem (Síndrome do Super-macho ou Síndrome do Duplo Y)

A Síndrome do duplo Y é uma anomalia viável na espécie humana. Estas pessoas são homens, a exceção de serem mais altos, não apresentam um conjunto de características que permite associá-los num único quadro clínico. Isto significa que você pode topar com um portador desta síndrome sem que realmente perceba. Apresentam cariótipo 47, XYY, e em geral, são normais, embora tenha se descrito que alguns homens afetados apresentem um acentuado temperamento comportamental, o que os torna mais agressivos e impulsivos. Antigamente a síndrome era associada a um comportamento anti-social, já que também são relatados alguns problemas comportamentais como distração, hiperatividade e crises de fúria.

A Super Mulher (Síndrome da Super-muher ou Trissomia do cromossomo X)

A trissomia do cromossomo X, assim como a síndrome do duplo Y, é uma anomalia viável na espécie humana. Pessoas afetadas pela síndrome são do sexo feminino. Nas células 47, XXX os dois cromossomos X são inativos e de replicação tardia(tecnicamente se diz que são heterocromatinizados), comprovado pela presença de dois corpúsculos de Barr.

São mulheres em geral férteis, embora apresentem problemas de gravidez devido a produção de gametas anormais com o conjunto haplóide de cromossomos  não balanceado. Apresentam puberdade no período apropriado, e podem apresentar alguns problemas de aprendizagem.

O que pode causar estas anomalias?

Quase todos os casos resultam de erros na meiose materna com a não-disjunção dos pares de cromossomos homólogos na meiose I ou não-disjunção das cromátides irmãs na meiose II (Oops! Falamos grego para você? Então, acesse a animação para entender a meiose celular). O aumento da idade materna influencia a formação de gametas cromossomicamente anormais.

//

Fonte:

Robinson DO, Jacobs PA (1999). “The origin of the extra Y chromosome in males with a 47,XYY karyotype“. Human Moecularl Genetic.

THOMPSON &THOMPSON Genética Médica –Robert Nussbaum, Roderick Mc Innes, Huntington Willard (Guanabara Koogan).

Posted on 18 de Março de 2010, in Dentro do Corpo Humano and tagged , , . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: