Tubarão-Branco: O Rei dos Mares

Todos nós temos medo do grande tubarão-branco. É claro que, depois de assistir a filmes como Tubarão de Steven Spilberg, não há como não se arrepiar ao pensar em um ambiente inóspito de água infinita, rondada por um imenso animal feroz de dentes dilacerantes.

O aspecto mais aterrorizante do tubarão – e que o ajudou a se manter no topo da cadeia alimentar por mais de 400 milhões de anos – é a ferocidade, precisão com que avança sobre as vítimas e suas incríveis adaptações que o tornaram único nos mares. Espécies como o grande tubarão branco – o mais perigoso de todos – treinam suas habilidades de caçador antes mesmo do nascimento. Os embriões disputam espaço devorando-se uns aos outros dentro do útero da mãe.  É sem dúvida desolador pensar nesta realidade, mas faz parte da natureza destes animais.

______________________________________________________________________________________________________________________________

Para entender como o tubarão branco se tornou o rei dos mares é necessário conhecer algumas de suas adaptações ao ambiente marinho.

Foto: bellamy.andrew Flickr

Adaptações Evolutivas dos Tubarões

Musculos de Aço

São animais extremamente musculosos, o que permite que sejam extremamente velozes atingindo incríveis 40 km/hora.

Armadura Natural

O couro é revestido por uma camada de microscópicas estruturas pontiagudas. Elas possuem a mesma estrutura dos dentes e se repõem durante toda a vida, protegendo o tubarão contra possíveis ataques e aumentando ainda mais sua hidrodinâmica.

Foto: Wikimedia Commons

Audição Afiada

O tubarão consegue ouvir o som de uma presa a mais de meio quilômetro de distância. Sua audição é composta de pequenos buracos no topo da cabeça, que levam a canais semicirculares – órgãos que também avaliam a aceleração do tubarão e dão a ele mais equilíbrio.

Sensores de Eletricidade

As ampolas de Lorenzini – poros com longos canais que se espalham pela cabeça – detectam até os mais fracos campos elétricos. Elas também orientam o tubarão de acordo com o campo magnético terrestre. Eestão espalhados por todo corpo do animal e são capazes de perceber qualquer pertubação na água, inclusive as batidas do coração de um animal que por ventura esteja na superfície.

Controle da Temperatura

Diferente da maioria dos tubarões este animal é um dos poucos capaz de manter a temperatura corporal constante, isto permitiu que esta espécie tivesse ampla distribuição espacial e que sobrevivesse mesmo em águas muito frias.

Aventureiro

Apresenta um comportamento bastante explorador em relação a algumas espécies. Exibe normalmente a cabeça para fora da água e frequenta as superfícies e também profundidades. É normal que mordam objetos fora da água quando estão próximos à superfície.

Curiosidades que você precisa saber sobre o Tubarão Branco

  • Estes animais são os maiores responsáveis a ataques fatais à seres humanos.
  • Sua dieta inclui: peixes, focas, golfinhos, carcaças de baleias, aves marinhas, lulas e tartarugas.
  • A espécie está em via de extinção e sua caça não é permitida em várias partes do mundo.
  • Existe um intenso mercado negro de mandíbulas e dentes destes animais.
  • Pelo que parece, nem mesmo sua fama de rei dos mares foi capaz de frear a exploração humana.

Para saber mais sobre tubarões acesse : Discovery Channel Tubarões

Conheça sobre a distribuição dos tubarões nos mares do planeta neste mapa interativo:

Posted on 12 de Junho de 2010, in Caminhos da Evolução, Mundo Animal and tagged , , , . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: